Toda a informação relacionada com a freguesia de Fajões; AGENDA: 29/01 - S. Roque - Fajões (15.00 horas)// TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO DE TOTAL RESPONSABILIDADE DOS SEUS AUTORES

quinta-feira, março 24, 2005

Centro Social apresenta relatório de actividades


A direcção do Centro Social Dr.ª Leonilda Aurora da Silva Matos apresentou um lucro no ano de 2004 que ultrapassa os 60.000,00 euros. Durante a assembleia, o presidente da mesa viu ser aprovado um voto de repúdio pela sua actuação durante os trabalhos.

Depois de alguns anos a somar prejuízos, a actual direcção, que já no primeiro ano conseguira inverter os resultados negativos, viu reforçada esta tendência, graças a uma gestão criteriosa da direcção presidida por José Santos. Assim, enquanto os custos atingiram os 445.142,20 euros, os proveitos cifraram-se em 505.179,72 euros. Os lucros do total da receita atingiram os 11%, enquanto o seu aumento, comparativamente com o ano anterior, atingiu os 82%.

Relativamente ao que fora orçamentado, verifica-se que o Centro Social conseguiu gastar menos cerca de 2.500,00 euros em géneros alimentares, menos 6.000,00 euros em custos com pessoal. Em contrapartida, a direcção viu as receitas aumentarem em 76.107,17 euros, provenientes das mensalidades dos utentes (+25.714,00 euros), comparticipações (+2.304,00 euros), subsídios da Segurança Social (+31.725,17), Instituto de Emprego (+12.452,00), autarquias (+2.477,00) e particulares (+1.435,00 euros). Apesar de tudo, a direcção aumentou em 11,5% os custos com pessoal, sendo que 5% diz respeito a estágios profissionais e a Programas Ocupacionais para Carenciados (POC). Em termos de actividades, foram apresentadas as realizadas mensalmente pelas diferentes valências, creche, jardim-de-infância, ATL e centro de dia ao longo do ano, um documento minucioso e esclarecedor. Também a direcção no relatório apresentado dá conta das acções desenvolvidas, algumas delas com expressão pública através da imprensa, como foi a da aquisição e bênção de uma nova carrinha para a valência de Apoio Domiciliário.

Dentre as actividades desenvolvidas pela direcção, realce-se as candidaturas ao Programa Operacional para Carenciados, o pedido de alargamento do protocolo para Apoio Domiciliário, que foi alargado a mais 10 utentes, totalizando agora 20 em dias úteis e 15 a sete dias, a conclusão e aprovação do levantamento da Rede Social da Freguesia, levado a cabo pelo presidente da direcção e por uma técnica de Serviço Social. A direcção conseguiu ainda apresentar o anteprojecto do ATL com auditório, alargamento da creche e remodelação do centro de dia, obras que deverão ter o seu início em Agosto próximo e apostou fortemente na formação profissional das suas funcionárias.

A assembleia ficou marcada pela apresentação de três votos de louvor, apresentados por Nelson Oliveira, Jorge Paiva e Avelino Almeida, pelo bom desempenho da direcção, indo aliás ao encontro do parecer do conselho fiscal. Este órgão fiscalizador propôs um voto de louvor à gestão da direcção, por ter invertido a gestão, passando de resultados negativos para lucros e, particularmente ao presidente José Santos, por trabalhar a tempo inteiro e gratuitamente para o Centro Social Dr.ª Leonilda. O presidente da direcção sentiu-se agastado com o seu homólogo da mesa da assembleia por considerar que Avelino Pinho não tinha perfil e insinuava acusações, denegrindo uma instituição que tem trabalhado bem, tendo o visado penitenciado com o desconhecimento dos estatutos Todos os votos foram aprovados por unanimidade.

Saudações...

0 Comentários:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home