Toda a informação relacionada com a freguesia de Fajões; AGENDA: 29/01 - S. Roque - Fajões (15.00 horas)// TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO DE TOTAL RESPONSABILIDADE DOS SEUS AUTORES

quarta-feira, setembro 07, 2005

Continuar o progresso na freguesia

A lista "Independentes por Fajões" apresentou-se oficialmente aos fajoenses, que acorreram em número de largas centenas, enchendo literalmente as duas salas do restaurante Cruzeiro. A obra feita no mandato prestes a terminar foi relevada, pelo que há a esperança fundada de uma vitória categórica.

"A nossa equipa é constituída por pessoas honestas, algumas com formação superior, todas com vida estável e um passado transparente. Formou-se para defender Fajões de todos quantos sejam contrários ao interesse do nosso povo e para lutar pelo progresso e bem-estar de todos os fajoenses, independentemente da sua ideologia político-partidária e da sua condição social", explicou o cabeça de lista, Dr. Luís Filipe Oliveira.

Progresso vai continuar
Luís Filipe Oliveira acrescentou que a sua equipa candidata-se "unicamente com a firme determinação de lutar e trabalhar pelo desenvolvimento material e cultural de Fajões", pelo que "deve merecer a confiança do povo de Fajões", já que dá a garantia de que "o progresso da nossa freguesia vai continuar".
O candidato enumerou as obras desenvolvidas ao longo do mandato pela actual Junta de Freguesia, "com a modéstia dos nossos recursos financeiros e com o apoio do nosso povo, que são a prova do seu dinamismo e grande poder de realização, apesar do boicote de algumas conhecidas figuras da oposição". Neste aspecto, Luís Filipe Oliveira elogiou a população de Fajões, "que tem sido incansável na cooperação dada às obras que realizámos", bem como o apoio dado "a toda esta dinâmica da Junta de Freguesia pelo grande benemérito Artur José de Pinho", sublinhando que "não é com demagogia nem com panfletos que se alcança a vitória. Ela é nossa e do povo de Fajões, pelas obras realizadas e que vamos continuar a fazer".

União para servir Fajões
A concluir a sua intervenção, o líder da lista independente deixou uma mensagem de esperança "num futuro ainda melhor e de inequívoca confiança que com esta equipa vamos continuar os projectos e obras de progresso e bem-estar para a freguesia".
Elemento da Junta de Freguesia, Arménio Amorim fez um apelo à união de todos. "A nossa política é só uma: trabalharmos todos na freguesia pela mesma causa, porque, se o fizermos, a nossa terra irá longe".
"Tenho acompanhado e apoiado dentro das minhas possibilidades as colectividades e sou apaixonado pelo desenvolvimento de Fajões", salientou Artur José de Pinho, que acrescentou: "Foi essa paixão que me levou a aceitar integrar esta lista de independentes". O orador acrescentou que "ela é a união para servir o progresso da nossa terra, porque tem pessoas capazes e desinteressadas para trabalhar pelo desenvolvimento do nosso povo. O Dr. Filipe vai continuar a transformar Fajões numa terra feliz e de muito progresso e o povo que nos tem apoiado vai continuar a preferir esta Junta".

Separar o trigo do joio
Pelo mesmo diapasão afinou Manuel Carvalho, que citou os nomes de Luís Filipe Oliveira, Arménio Amorim e Artur José de Pinho, "homens que, pelo seu trabalho e dedicação, fizeram engrandecer Fajões nos últimos três anos e meio. Quero contar convosco para a vitória e no dia 9 de Outubro estaremos todos unidos a festejá-la", apelou.
Observador do que se passa na freguesia, Manuel Teixeira referiu que "em Fajões vê-se, fala-se e escreve-se de mais", para logo de imediato criticar "os homens sem escrúpulos e sem vergonha que atacam pessoas de trabalho e que têm a lata de se candidatarem". Aos presentes, Manuel Teixeira pediu que separem o trigo do joio.

Fonte:

  • Artigo no Correio de Azeméis

  • 0 Comentários:

    Enviar um comentário

    Links to this post:

    Criar uma hiperligação

    << Home