Toda a informação relacionada com a freguesia de Fajões; AGENDA: 29/01 - S. Roque - Fajões (15.00 horas)// TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO DE TOTAL RESPONSABILIDADE DOS SEUS AUTORES

sábado, setembro 24, 2005

Números da Via do Nordeste

Ao ler o Correio de Azeméis, edição de 13 de setembro último, deparei com duas páginas sobre a inauguração da 3° fase da Via do Nordeste, acorrida a 10 do mesmo mês, com alguma pompa, e muita circunstancia, devido á data de inauguração. São aquelas habilidades dos polticos, sem expecção de côr, que juntam o útil ao agradável em situações similares.

Mas o que mais me chamou a atenção foi o que já foi dispendido, o que já foi feito, quem pagou o quê. Repetindo fielmente o que foi publicado no CA, e a fazer fé nos dados que foram fornecidos, presumo pela Camara, temos os seguintes números.

1º- fase Oliveira de Azeméis - Bustelo, distancia 1.300 m, (total 864 mil euros), comparticipação FEDER com 560 euros, e Camara com 304 euros

2º- fase Bustelo - Nogueira do Cravo, distancia 3.100 m, (total 1 milhão e 300 mil euros), comparticipão do Fund. Eur. de Desen. Regi. com 990 mil euros, e Camara 310 mil euros

3º- fase Nogueira do Cravo - Cesar, distância total 4.100 m, (total 2 milhões e 500 mil euros) comparticipação FEDER com, 1 milhão e 700 mil euros, Camara 800 mil euros

Totais já efectuados, Distancia 8.500 m (4 milhões, 664 mil euros ) comparticipações 3 milhões, e 250 mil euros ) Camara 1 milhão 414 mil euros

Previsão para a 4° fase Cesar - Fajões distancia 1.200 m, (custo total 527 mil euros) comparticipação Prog. Oper. Reg. do Norte 430 mil euros, Camara 97 mil euros.

Previsão dos totais gerais, distancia Oliveira de Azeméis - Fajões 9.600 m (custo total da Via do Nordeste 5 milhões e 191 mil euros ) comparticipações totais 3 milhões 680 mil euros, Camara 1 milhão 511 mil euros.

Conclusão final, para a 4° fase ,sublinho, que para um total de 527 mil euros, há uma comparticipação de 430 mil euros, e sómente 97 mil euros (aproximadamente 18.500 contos ) da nossa Camara.
Primeiro, daqui ressalvo duas coisas importantes , que o presidente da Camara, certamente vai utilizar na campanha eleitoral, em Fajões claro, falando, e martelendo na importancia que vai ter para Fajões a Via do Nordeste, que é uma obra do seu executico etc etc, mas evitando falar qual a participação miserável da Camara em termos comparativos, com as outras fases.

Segundo, numa obra desta envergadura, e visto a verba 97 mil euros não ser nada do outro mundo, (se calhar nem dava para comprar a casa amarela, que está a impedir o terminus da Via). Portanto vale bem a pena esperar para que essa 4º fase tenha a tão desejada qualidade que todos os fajoenses aspiram, e merecem, a saber 4 vias com sepador central.

Mesmo que a Camara tivesse de dobrar a verba, ou seja 194 euros, mesmo assim continuava a ser a verba menor de todas as 4 fases, e ficava uma obra para o futuro.
Cabe á futura Junta, e ao povo de Fajões em geral fazer valer as suas ambições. Quanto a mim, já o fiz saber em vários artigos de opinião publicados no CA, e que irei continuar, pois enquanto há vida há esperança.

Autor: Albino Pinho

0 Comentários:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home