Toda a informação relacionada com a freguesia de Fajões; AGENDA: 29/01 - S. Roque - Fajões (15.00 horas)// TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO DE TOTAL RESPONSABILIDADE DOS SEUS AUTORES

segunda-feira, outubro 31, 2005

Assembleia de freguesia - 2/11/2005

Na próxima quarta-feira, pelas 21 horas, terá lugar no salão nobre da sede da junta de freguesia, mais uma assembleia de freguesia.

Desta feita, a mesma tem como ordem de trabalhos o seguinte ponto:

- Instalação da nova assembleia de freguesia, emergente das eleições autárquicas

Festas em honra do padroeiro


No próximo dia 11 de Novembro, como manda a tradição cá por terras de Fajões, vai haver uma festa em honra do nosso santo padroeiro, São Martinho de Fajões. As festas em honra desse santo terão o seguinte programa:
20.00h:
missa solene seguida de procissão
21.30h:
arraial animado pelo grupo da freguesia: ''Grupo de dança luso-galaica OS JUNTOS''

E claro como não podia falara as castanhas e o bom vinho para animar a festa.

P.S.: A missa será transmitida, como já é habitual, pela Rádio Regional de Arouca (103.20)

domingo, outubro 30, 2005

Dia das bruxas também se festeja em Fajões


Como sabem, amanhã é dia de halloween, ou num palavriado mais português... dia das bruxas.
Para comemorar este dia, vai ser realizado uma festa no salão polivalente dos Bombeiros Voluntários de Fajões.
O "baile" tem início pelas 22 horas, e pede a todos os que participem que levem os seus disfarces adequados à ocasião.

Não têm desculpa para faltar, pois no dia seguinte é feriado.

Aparece e terás algumas surpresas...e cuidado com as travessuras!

Oiã 1 - 0 G.D.F. - 9º Jornada

O Grupo desportivo de Fajões deslocou-se esta tarde ao terreno do Oiã, de onde não conseguiu mais do que uma derrota por uma bola a zero.

Numa tarde chuvosa, o Fajões tudo fez para virar o resultado, mas não conseguiu atingir os seus intentos.
Assim, depois do empate moralizador frente ao líder da tabela classificativa, o F.C.Arouca, o Fajões volta novamente ao resultados negativos.

Dentro de dias, os resultados do passatempo Golo Do Fajões.

sábado, outubro 29, 2005

NOTÍCIAS CURTAS... do país

1 - Fuga de "cérebros"

Portugal é o país da EU que deixa escapar mais pessoas com qualificação superior, técnica ou científica. A nível mundial ocupa o 21º lugar. Ou seja, um em cada um de cinco desses portugueses, optou por exercer a sua actividade fora do país.

Jornal de Notícias

2 - Pulseiras electrónicas

Pulseiras electrónicas vão livrar da prisão condenados até 3 anos de cadeia. A medida vai entrar em funcionamento no 1º trimestre de 2006.

Diário Económico

3 - Luta contra fuga ao Fisco e branqueamento de capitais

O Ministério Público e a Polícia Judiciária lançaram a maior operação de sempre sobre a banca portuguesa. Os alvos foram o BES, BCP, BPN e Finibanco. A fraude ultrapassa em muito os 2 mil milhões de euros.

Semanário Económico

4 - Gripe das aves

Esta semana passou a ser proibida a venda e exposição de qualquer tipo de aves em espaços públicos. Também foi proibida a importação de aves e suas penas.

Jornal de Notícias

5 - Prémio Nobel da Literatura


Prémio Nobel da Literatura atribuído a um dramaturgo britânico que acredita ser descendente de judeus expulsos de Portugal, de seu nome HAROLD PINTER (adaptação de PINTO).

Jornal Expresso

6 - Escolas em exame

Com a introdução relativamente recente do "ranking" das escolas, gerou-se enorme contestação por parte dos professores. Contudo, passados dois anos e com a recente publicação de novos dados, constatou-se que as escolas públicas entraram na luta por melhores resultados e há menos negativas. (Afinal, é importante as pessoas sentirem que vão ser avaliadas!)

Jornal Expresso

Autor: Manuel Rui PInho

Despedida da nossa senhora de Fátima peregrina

Dia 30 (amanhã):

- 8 horas
:
missa da manhã

- 9 horas:encontro com os jovens

- 16 horas:missa campal de despedida à nossa senhora peregrina.

sexta-feira, outubro 28, 2005

Bom Português - 3 - Exercicio

Depois de dois post`s com alguma matéria, que pode ser conferida aqui e aqui, chegou a altura de ver se aprenderam a lição.

Completem os espaços do seguinte texto com as formas à/ há ou ah. A correcção do exercício será dada dentro de dias.

Exercício 1

Andar __ volta com um assunto não resolve nada. __ formas melhores de se viver a vida. ___ que saber não pensar demasiado, ir ___ fonte do problema e resolvê-lo. Por vezes a solução é simples (____ sempre uma solução para tudo) e quando a encontramos dizemos: ___, como é que eu não me lembrei disso antes!

FRASES DITAS - 2

- "Temos 7% de analfabetos, quando a média europeia é de 1%. Apenas 14% das pessoas estão no Ensino Superior, quando a Irlanda e a Espanha têm o triplo. É uma falha geracional e dos maiores fracassos desde 25/04/1974".

HORTA OSÓRIO, Presidente do Santander Portugal

- "Fico sempre triste quando vejo gente inteligente usar a inteligência só para o que lhes convém, contra os mais desfavorecidos".

MANUEL SERRÃO, empresário e cronista

- "Basta ver o programa "Parlamento" e reparar na forma como os deputados falam. Dá para ver o grau de analfabetismo".

FILIPE LA FÉRIA, produtor de teatro

-"Não é preciso ter assistido ao discurso miserável de Fátima Felgueiras ou àqueles urros quase desumanos de Valentim Loureiro para perceber que a governabilidade do País e a própria democracia estão ameaçados pelo mais terrível vírus, que é a demagogia populista"

Miguel Sousa Tavares, colunista

- À saída de um estádio de futebol em Lisboa, um adepto do Benfica armou-se em engraçado com uma mulher-polícia a cavalo:

"Eh, sabe que o seu cavalo está a espumar da boca?".

Rápida como uma seta ela responde-lhe:

"Também você estava, se estivesse seis horas entre as minhas pernas."

Contado numa carta de um leitor, assinada por Joel Lima, no jornal "O Record" e no "Expresso".

Autor: Manuel Rui PInho

quinta-feira, outubro 27, 2005

Golo do Fajões - 9ª jornada

OIÃ - G.D.FAJÕES

Estão abertos os palpites para a 9ª jornada do passatempo "Golo do Fajões".

Desta vez, o Grupo desportivo de Fajões desloca-se ao terreno do Oiã.
Depois de um empate, em certa medida moralizador, frente ao Arouca, o Fajões vai tentar arrecadar a primeira vitória frente ao Oiã.

O jogo tem inicio ás 15 horas.

Já sabem... Façam os vossos palpites e marquem golo...

Memórias da nossa terra - 6 - Os primórdios do G.D. de Fajões

Ao ler o artigo, com foto, sobre os primordios do G. D. de Fajões, pensei escrever um já simples comentário, mas em ultima instância pensei que este assunto merecia mais que um simples comentário da parte de quem assistiu ao renascimento do futebol na nossa terra, e acompanhou apaixonadamente o nosso Desportivo durante longas épocas, comungando nas sua alegrias, em tardes de glória, assim como nas tristezas quando as coisas não corriam bem, mesmo com a nossa dimensão era com esta pureza que viviamos a vida do nosso clube.

Desde que me conheço, Fajões teve sempre na sua juventude, fogosos, e ardentes jogadores de futebol, com os meios, e locais que dispunha, tudo servia para um jogo.
Mas um verdadeiro recinto só o F. C. Cesarense dispunha, pois também era o único clube na zona a jogar futebol oficial.
Quantas molhas apanhei, com os meus amigos a ver o Cesarense! quantas vezes íamos andar com a enorme roda do poço para bombear a água para os jogadores tomarem o duche frio depois do jogo, findo o mesmo o guarda do campo metia um escora ao meio da baliza, para este não empenar até ao próximo jogo, pois as balizas eram em barrotes de madeira quadrados. Humildes instalações as do F. C. Cesarense, mas que faziam inveja a muitas terras vizinhas, que não dispunham de nenhumas.

Em Fajões havia sempre alguém para organizar uma equipa, comprar equipamentos, entrar em torneios, organizar excursões quando era para ir jogar fora, estou-me a lembrar entre outros do saudoso (Tonita da Cobela) com os seus irmãos Domingos, e Manuel, do Nel, e Júlio da Cela, o Torres, o Trindade, o Barroca, os irmãos Bastos, Fanklin e Manuel, o Rogério, os irmãos Carvalho, o Jota eu próprio, ainda junior no F. C. Cesarense, cheguei a ir jogar com o Fajões a Alvarenga, Guisande, e Castelo de Paiva, entre outros.

Mas havia duas coisas que faltavam, primeiro um campo de jogos, pois quando alguém era convidado pela malta de Fajões para um joguinho, tinha-se de pedir o campo, sobretudo ao Cesarense, o que nem sempre era fácil de obter. E segundo os jogos que faziamos não eram oficiais, eram amigáveis, ou torneios, que nem sempre acabavam bem.

Com o regresso do saudoso Padre Rocha a Fajões, ele que adorava futebol, e já tinha fundado, e presidido a alguns clubes por onde tinha paroquiado, a malta do costume começa a pensar sériamente em criar um clube para disputar as provas oficiais da A. F. de Aveiro, e sobre a batuda do padre Rocha, mais os directores que são citados no artigo funda-se o G. D. de Fajões corria o ano de 1974, a revolução dos cravos ainda era uma criança. Foi uma pedrada no charco, foi o saír do marasmo na região, pois durante décadas o futebol oficial resumia-se sempre ás mesmas equipas. Nos anos que se seguiram á criação do G. D. de Fajões nasceram a maioria dos clubes que se conhessem na região, que por questão de espaço não vou aqui enúmerar.

Como tinha sido inuagurado o Parque de jogos Dr. Teixeira da Silva em Carregosa, foi aí que o nosso Desportivo fez a sua primeira época de 1974/1975, a de 1975/1976 já se efectuou no recém inaugurado campo das Cruzes.

Para a história, e se a memória não me atraiçoa foram 11 as equipas que formaram o primeiro campeonato distrital da 2° divisão de Aveiro que o nosso clube participou, a saber G. D. de Fajões (estreante) Calvão (estreante) Fiães (estreante) Amoreirense (estreante) Fogueira (estreante) Severense, Macinhatense, Beira Vouga, Gafanha, Bustos, Pampilhosa.

O primeiro jogo oficial do G. D. de Fajões, disputou-se am Carregosa em fevereiro de 1975 contra o Fiães. As entradas custavam 10 escudos, e deve ter sido das maiores enchentes de todos os tempos. O resultado final foi de 4-1 a favor do Fiães. o golo do Fajões foi apontado de penalty pelo seu treinador Dionisio.
O primeiro golo de jogada, foi marcado contra o Amoreirense em Carregosa, vitória 6-1. Outras vitorias importantes, 7-0 contra o Gafanha (hoje na 3° Nacional) vitoria 1-0 na Pampilhosa do Botão (hoje na 2° Nacional) vitoria 1-0 em Sever do Vouga, na altura uma grande equipa, hoje desaparecida. vitoria também 2-1 em Macinhata do Vouga.

Antes de acabar a primeira volta o Fajões mudou de treinador, contratou Almeida ex.glória da Sanjoanense, Com o Almeida o Fajões teve um ponta final de campeonato extraordinária e só não subiu á 1° distrital por uma unha negra. Subiram Fiães, e Bustos. Lembro que no jogo da segunda volta o Fajões foi ganhar a Fiães 1-0.

Para a história lembro o nome de alguns jogadores que foram os pioneiros do clube, Dionisio jogador, e primeiro treinador ex, Cucujães, Torres, Barroca, Jorge (Janeira) , Carlos (folhetas) e Rogério, todos de Fajões, Agostinho, Ferreira, Adriano e Lino, todos de Macieira de Sarnes, Soares de Vale de Cambra. Quim Bastos de Azagães, Cunha de S. João da Madeira, e mais tarde vieram mais alguns jogadores, entre outros o guarda redes Maraia ex.Oliveirense.
Almeida e Maraia na época seguinte foram treinar e jogar para a A. D. Valecambrense, tendo-se sagrado campeões da 1° distrital.

Sempre que o Fajões jogava em casa (Carregosa) era campo cheio, todos os caminhos, e meios de transporte serviam para logo ao fim do almoço do domingo rumar ao campo de jogos com a sua bandeira. Quando íamos jogar fora a equipa era sempre acompanhada por muitos carros e alguns autocarros, sendo a equipa que mais apoiantes levava.

Para concluír este apontamento, direi que o futebol distrital naquele tempo podia ser mais rudimentar, mas era mais apaixonante. Jogos havia que essa paixão transbordava, e de que maneira, ir jogar fora era arriscado, em certos campos tinha-mos de ir prevenidos, e em força numerica, casos de Macinhata, Sever de Vouga, e Fogueira. Lembro que cada vez que o Fajões estava a ganhar em casa do adversario o capitão jogador-treinador Almeida, gritava para os seus jogadores ô pessoal vamos a mais ummmmmmmm. Aconteceu que o Fajões estava a ganhar em Macinhata do Vouga, o jogo já ia na segunda parte quando marcamos o 2-1, o Almeida começou a incitar outra vez os jogadores, a malta de lá não gostou, invadiu o terreno de jogo, e partiu a cabeça ao Almeida, tendo sido saturado com varios pontos. Com a invasão ao campo o árbitro deu por terminado o jogo, quando os jogadores das duas equipas, depois do banho, saiam das instalações do clube, a esposa do Almeida reconheceu o jogador que agrediu o marido, foi direita a ele tirou o tamanco do pé, e abriu-lhe a cabeça também, tudo isto foi presenciado por muita gente, comigo íncluido claro.

Autor: Albino Pinho

quarta-feira, outubro 26, 2005

Golo do Fajões - resultados da 7ª jornada

Aqui ficam os resultados da 7ª jornada do "Golo do Fajões".

Como se recordam o Grupo desportivo de Fajões recebeu no campo das cruzes, o Arouca e não foi além de um empate a zeros bloas.
A chave da jornada foi a seguinte: (1 ponto pela participação + 1 ponto por ter acertado na empate + 2 ponto por ter acertado no resultado final)

O utilizador "feijoeiro" continua pela 2ª jornada consecutiva na liderança, seguido de perto pelo "Albino Pinho"

Tabela classificativa:

-
-








terça-feira, outubro 25, 2005

Memórias da nossa terra - 5 - Bombeiros Voluntários de Fajões - Do Sonho à realidade

Deixo-vos aqui para download mais um belo trabalho do Sr. Albino Pinho.
Desta vez, a temática são os Bombeiros Voluntários de Fajões. Nos diaporamas fica-se a conhecer toda uma história desta instituição.

A montagem está dividida em duas partes, que podem fazer o download através dos seguintes links:

  • Diaporama - parte 1
  • Diaporama - parte 2
  • Nota: Qualquer tipo de dúvida em como fazer o download, por favor esclarecer nos comentários.

    Risoterapia - 10 (não sei se dá muita vontade de rir)

    segunda-feira, outubro 24, 2005

    Foto-reportagem da recepção da imagem de Nossa Senhora de Fátima


    Já podem aceder a mais uma foto-reportagem exclusiva no blog.
    Como sabem, ontem, Fajões recebeu com poupa e circunstância a imagem da Nossa Senhora de Fátima, que vai percorrer os caminhos da freguesia durante esta semana. Só quem esteve no local sabe a beleza e a organização que foi a recepção. Destaque para a participação de todas as colectividades da freguesia.

    No total são 24 fotos, que podem aceder aqui

    domingo, outubro 23, 2005

    G.D.F. 0 - 0 F.C.A. - 7ª jornada da primeira distrital

    Num dos clássicos da primeira divisão de Aveiro, o Grupo desportivo de Fajões recebeu em casa o Futebol Clube de Arouca.
    O resultado é o espelho do equilíbrio que se verificou em campo, e que na minha minha opinião, o nulo se justifica para aquilo que as duas equipas fizeram.

    Em relação à arbitragem, nada de especial a assinalar.
    Quanto à presença de público no campo das cruzes, mais uma vez nota negativa. Para um jogo como este, esperava-se mais público.

    Em breve os resultados do "Golo Do Fajões"

    sábado, outubro 22, 2005

    Fajões recebe imagem de Nossa Senhora


    De 23 a 30 de Outubro a paróquia de Fajões vai receber a imagem de Nossa Senhora de Fátima, vinda directamente do Santuário.

    Amanhã, aquando da chegada da imagem, esta será colocada num andor e levada em procissão até à junta de freguesia, onde será recebida pelo grupo de Jovens, de seguida parte até à Igreja paroquial.


    Na segunda-feira, pelas 20h30 será celebrada Eucaristia, seguindo-se procissão até à Capela de Nossa Senhora da Ribeira.

    Na terça-feira, pelas 21 horas tem inicio a procissão que levará a imagem da capela Srª da Ribeira para a Capela da Srª das Dores.

    Na quarta -feira, também pelas 21 horas, a procissão terá lugar entre a capela da Srª das Dores para a Capela da Srª da Saúde.

    Na quinta-feira, a imagem seguirá em procissão da Capela da Srª da Saúde para a Capela de S. Marcos.

    para terminar, na sexta-feira, a imagem segue da Capela do S. marcos para a Igreja Matriz.


    A semana mariana termina no domingo dia 30 com a celebração da Eucaristia às 16h00 na Igreja Matriz. A acompanhar a imagem estará o padre Morgado que pertence ao Movimento da Mensagem de Fátima.

    NOTÍCIAS CURTAS... do país - 1

    A partir de hoje, surge mais uma secção no blog.
    Desta vez trata-se de um espaço em que aos sábados será colocado um post, com as noticias que fizeram manchete nos restantes dias da semana.
    Como sabem, têm os comentários para fazerem qualquer tipo de comentário ás mesmas.

    1 - Pílula do aborto vem aí

    A pílula abortiva (RU) poderá em breve vir a ser utilizada, apenas nos hospitais. Note-se que a RU-486, nada tem a ver com a pílula do dia seguinte.

    2 - Os "calotes" estão a aumentar em Portugal
    Nos últimos três anos, foi solicitada, às empresas da especialidade, a cobrança de mais de 17 mil milhões de Euros de dívidas em atraso. Para termos uma ideia do valor em questão, essa importância daria para construir 6 aeroportos da Ota.

    3 - Seca aumenta a poluição
    O aumento do consumo de energia eléctrica, associado à falta de água, tem provocado um maior recurso às Centrais Térmicas, para a produção da mesma. Estas, têm emitido para a atmosfera mais 39% de CO2. Portugal pode vir a ser multado em cerca de 2 mil milhões de Euros.

    4 - Candidatura de CAVACO SILVA a Presidente da República
    Finalmente, no dia 20 de Outubro, no dia em que fez 42 anos de casado, CS anunciou a sua candidatura a Presidente da República. Marcelo Rebelo de Sousa irá integrar a Comissão de Honra.

    5 - Wilma arrasa Cancun
    A estância turística de Cancun está totalmente alagada. Cerca de 50 mil pessoas tiveram de ser retiradas. O furacão Wilma está nesta altura a fustigar a província mexicana de Yucatan.

    Autor: Manuel Rui Pinho

    sexta-feira, outubro 21, 2005

    Golo do Fajões - 7ª jornada - G.D. Fajões - Arouca


    G.D. Fajões - F.C. Arouca

    Estão abertos os palpites para a 7ª jornada do passatempo "Golo Do Fajões".

    Desta vez o Grupo desportivo de Fajões recebe no campo das cruzes, um dos rivais de outros tempos, o Futebol Clube de Arouca.
    todos esperamos que o Fajões dê um pontape na crise de maus resultados e leve de vencidade a equipa visitante.
    O jogo tem inicio ás 15 horas.

    "Ouvir" coisas interessantes de pessoas mais ou menos interessantes.

    FRASES DITAS

    - "Aqui, um boi hoje é negro e amanhã é branco"

    Ronald Koeman, referindo-se às opiniões dos jornais acerca de José Peseiro, treinador do Sporting.

    - "Vou para 24 anos de presidente e ia meter os papéis para a reforma. Mas vi um
    Papa ser eleito aos 78 anos e um candidato a Belém com 80. Vou pensar."

    Pinto da Costa, presidente do FCPorto, no Jornal de Notícias

    - "O melhor do homem advém do seu lado feminino."


    Herman José, humorista, à TV Guia.

    - "Os trafulhas vão ganhar. Chamado a decidir, o povo vai querer Valentim, Fátima Felgueiras, Isaltino Morais e Ferreira Torres. E se é isso que o povo quer, o problema não é a democracia, são os portugueses."

    Miguel Sousa Tavares, comentador, ao jornal "Público"

    Autor: Manuel Rui Pinho

    quinta-feira, outubro 20, 2005

    SAM - O meteorologista virtual


    Chama-se SAM e é um meteorologista virtual que está ao seu serviço 24 horas por dia, disponível para lhe indicar o tempo actual e as previsões para o dia seguinte, tal como as respectivas temperaturas. A consulta é feita em tempo real e encontra-se à disposição dos interessados desde o dia 10 de Outubro.
    Apesar da ideia ser a de proporcionar o acesso ao tempo relativo a qualquer parte do mundo, no que diz respeito a Portugal, apenas podemos consultar a cidade Lisboa. Apesar do nosso país ser pequeno, como está em fase experimental, poderá ser que venha a englobar outras cidades.
    O SAM, é uma criação espanhola, mais propriamente da Catalunha, que apesar de "narigudo", é simpático e...útil.

    Venha conhecê-lo e saber o tempo que fará amanhã.

    Para consulta aceder aqui

    Artigo de: Manuel Rui Pinho

    quarta-feira, outubro 19, 2005

    Golo do Fajões - Resultados relativos à 6ª jornada

    Aqui ficam os resultados da 6ª jornada do "Golo do Fajões".

    Como se recordam o Grupo desportivo de Fajões deslocou-se ao terreno do Rio Meão e perdeu por três bolas a uma

    A chave da jornada foi a seguinte: (1 ponto pela participação + 1 ponto por ter acertado na derrota + 4 ponto pelo número de total de golos + 4 ponto por ter acertado no resultado final)

    O utilizador "feijoeiro" lidera a tabela classificativa perseguido de perto por outros três utilizadores

    Tabela classificativa:

    -
    -








    segunda-feira, outubro 17, 2005

    Risoterapia - 9

    Bom Português - 2

    • à ou há

    Já vimos de onde surgiu a palavra à. No entanto, ela é facilmente confundida com a sua homófona . Ora, este segundo vocábulo, é uma forma do presente do indicativo (3.ª pessoa do singular) do verbo haver. Este verbo tem várias significações e uma das formas de termos a certeza de que se trata da forma verbal, é substitui-la por um sinónimo, como "existe".

    Exemplificando: Ele disse que há/ à um acento na palavra

    Ele disse que existe um acento na palavra
    = Ele disse que um acento na palavra.

    O exemplo tenta demonstrar, que sendo possível substituir-se a palavra pela forma verbal "existe", ficamos a saber que devemos utilizar a forma do verbo haver, ou seja, "".

    Veja-se outro exemplo:

    O João vai à/há escola.

    O João vai existe escola (não faz sentido) = O João vai à escola.No entanto, nem sempre este truque resulta.
    Assim, aconselho um outro: substituir a palavra por "havia". Se a frase ficar com sentido, é porque se trata da forma "", caso contrário, será a palavra "à".

    domingo, outubro 16, 2005

    Rio Meão 3 - 1 G.D.F.

    O Grupo desportivo de Fajões deslocou-se hoje ao terreno do Rio Meão para cumprir mais uma jornada da primeira divisão de futebol do distrito de Aveiro.

    O resultado final foi de 3 bolas a uma favorável ao Rio Meão. Trata-se de um resultado justo, pois o Rio Meão foi a única equipa em campo a procurar a vitória.
    O G.D.F. encontra-se assim em penúltimo lugar (com 3 pontos), com 7 jornadas disputadas. Ainda falta muito campeonato mas é uma situação complicadas que todos esperamos que se venha a resolver rapidamente.

    Rescaldo da assembleia da junta de freguesia

    Como sabem na passada sexta-feira teve lugar a última assembleia da junta de freguesia do anterior executivo.

    O essencial desta assembleia resumiu-se ao balanço do último trimestres das contas da junta de freguesia, tendo sido apresentado uma lista com todas as obras feitas por neste mesmo período de tempo.

    Oposição esteve ausente

    O facto a destacar foi a ausência de qualquer membro da oposição, facto que foi fonte de algumas criticas tanto pelo presidente da assembleia como pelo presidente da junta.
    A oposição foi ainda acusada de "não ter a dignidade de colocar no seu programa eleitoral obras, que os mesmo aprovaram na assembleia, tais como o edifício das colectividades, as bancadas e balneários do polidesportivo entre outras."

    Novo auditóro

    De referir o novo auditório construído no edifício da junta de freguesia, com capacidade para 100 pessoas sentadas confortavelmente.
    Trata-se de um projecto muito bem conseguido com o espaço muito bem aproveitado. Na minha opinião apenas falta um sistema sonoro adequado, de forma a melhorar a sonoridade da sala, pois com o tamanho do auditório, por vezes, quem está nas últimas filas do mesmo torna-se difícil perceber-se o que se está a passar.

    sexta-feira, outubro 14, 2005

    Golo Do Fajões - 6ª jornada - Rio Meão - G.D.Fajões

    Rio Meão - G.D. Fajões

    Já podem fazer as vossas apostas para a 6ª jornada do Golo Do Fajões.

    Depois de nova derrota e de ainda só ter uma vitória para o campeonato, o G. D. Fajões desloca-se ao terreno do Rio Meão, num jogo sempre dificil.

    Façam já as vossas apostas... e marquem golo com o Fajões!

    Peço desculpa pelo erro no post anterior, mas o jogo com o Arouca é para a semana.

    Têm desenvolvimentos nos comentários!

    Resultados do Golo do Fajões relativos à jornada em atraso (1ª jornada)

    Aqui ficam os resultados relativos à primeira jornada do passatempo Golo Do Fajões. Num jogo em atraso da primeira jornada, o Fajões deslocou-se ao terreno do Luso, arrecadando uma derrota por uma bola a zero.
    Desta vez o maior beneficiado no que ás apostas diz respeito foi o utilizador "feijoeiro" que arrecadou mais 2 pontos que todos os outros adversários, pois para acertou no resultado final.

    A chave da jornada foi a seguinte: (1 ponto pela participação + 1 ponto por ter acertado na derrota + 1 ponto pelo número de total de golos + 1 ponto por ter acertado no resultado final)

    O utilizador "Jorge" volta a estar isolado na liderança, sendo marcado em cima pelo utilizador "Albino Pinho" e pelo "feijoeiro" que ascendeu ao 3º lugar, completando assim o pódio.

    Tabela classificativa:

    -
    -








    quinta-feira, outubro 13, 2005

    Bom Português - 1

    Inaugura-se hoje um novo espaço de apoio à língua portuguesa, em que se pretende esclarecer algumas dúvidas sobre a sua utilização. O ponto de partida será a reflexão sobre alguns erros frequentes. Este será um espaço aberto e conta com a colaboração dos seus visitantes
    Serão, disponibilizados testes para averiguar os conhecimentos linguísticos dos visitantes e aplicar os conhecimentos adquiridos através deste blog.

    Cá vai a primeira explicação:

    • á ou à

    Muitas pessoas têm dificuldade na colocação do acento no "a" e, erradamente, optam pelo acento agudo (´). Com efeito, sempre que se trate de utilizar a preposição "a" contraída com o artigo definido "a", o acento é grave.

    Exemplificando: O João vai à feira = O João vai a(prep.) a(art.) feira

    a + a = à

    O acento agudo só surge em mais cinco palavras portuguesas. A saber:

    às (a + as) Ex. Ele foi para casa às quatro horas.

    àquele (a + aquele) Ex. Ele foi àquele sítio de que te falei.

    àquela (a + aquela) Ex. Ela foi àquela conferência.

    àqueles (a + aqueles) Ex. Eles foram àqueles bares famosos.

    àquelas (a + aquelas) Ex. Elas foram àquelas lojas.

    Por isso não se enganem: este "á" não existe.

    LUSO 1 - 0 G.D.Fajões

    Ontem, o Grupo Desportivo de Fajões contabilizou mais uma derrota para a primeira distrital de Aveiro.

    Num jogo em atraso, relativo à primeira jornada e em terras do "leitão", o G.D.F. sofreu uma vitória injusta por uma bola a zero. O encontro foi sempre equilibrado, tendo a equipa da casa alcançado o seu tento na última jogada do encontro, quando já passavam 4 minutos para além da hora complementar.
    Com este resultado o G.D.F. continua nos últimos lugares da tabela classificativa.

    Em breve os resultados do Golo Do Fajões!

    quarta-feira, outubro 12, 2005

    Assembleia de freguesia

    Na póxima sexta-feira, 14 de Outubro de 2005, pelas 20,30 horas, realizar-se-á a 3.ª Sessão ordinária da Assembleia de Freguesia de Fajões, no Salão Nobre da sede da Junta de Freguesia, com a seguinte ordem de trablahos:

    - Situação política e financeira da Junta de Freguesia.

    A sessão da Assembleia de Freguesia foi marcada para esta data dado que, as obras de ampliação e reestruturação do Salão Nobre, só aí estarão concluídas.

    terça-feira, outubro 11, 2005

    Retorta com acesso condicionado!


    O investimento atingiu os 30.000,00 euros.

    "Esta era uma aspiração das pessoas que habitam neste local. Foi prometida, mas ninguém cumpriu. Esta Junta prometeu e cumpriu", salientou o presidente da Junta de Freguesia, depois de descerrar a placa com o nome da nova artéria.

    A necessidade do arruamento foi confirmada pelos moradores, cansados da situação que os penalizava.
    Para avançar com a obra, que incluiu para além do asfaltamento, o alargamento e a construção de muros de suporte de terras e de vedação, o executivo fajoensse teve de reunir com os proprietários, sensibilizando-os para a importância da obra. Contudo, acusou Luís Filipe Oliveira, depois de reunirmos com os proprietários, a oposição ia ter com eles para que não deixassem, pelo que tivemos de reunir cinco e seis vezes. "Foi a obra possível, gostaríamos de ter alargado junto à ponte, mas não foi possível", referiu o Dr. Luís Filipe Oliveira. No saldo final, apenas um proprietário inviabilizou a pretensão da Junta.
    A obra, ainda no dizer do presidente da Junta era um compromisso assumido desde o início do mandato, constando inclusive no Plano Plurianual de Investimento da Câmara Municipal. "Pressionámos a Câmara, não se conseguiu, pelo que avançámos com a obra", rematou Luís Filipe Oliveira, que espera agora a comparticipação do executivo municipal.
    À inauguração associaram-se algumas dezenas de pessoas da freguesia, muitas delas envergando camisolas brancas com a sigla da Lista Independente de Fajões, num claro apoio à continuidade da actual Junta, que se recandidatava debaixo da mesma bandeira.

  • Correio de Azeméis
  • segunda-feira, outubro 10, 2005

    Golo Do Fajões - 1ª Jornada

    Como se recordam, o Grupo desportivo de Fajões tem um jogo em atraso relativo à primeira jornada da primeira distrital de Aveiro, frente ao Luso.
    Na altura disse que as apostas feitas no outro post relativo a este jogo, iriam se manter, mas atendendo aos mais recentes resultados do Fajões e também para por em pé de igualdade os novos participantes, decidi abrir novas apostas.

    Relativamente ao jogo em si, o G.D.F. continua a procurar os bons resultados para fugir aos últimos lugares da tabela classificativa.
    Será que o Fajões vai conseguir a segunda vitória no campeonato? Esperamos que sim.

    O jogo disputa-se na próxima quarta-feira ás 21 horas.

    Façam as vossas apostas.

    Vejam aqui o post e as apostas que fizeram anteriormente!

    domingo, outubro 09, 2005

    O Clássico de Fajões - 11 - Resultados Oficiais

    Nº Eleitores: 2768

    Assembleia de Freguesia

    totais %
    Votantes 2137 77,2
    Abstenção 631 22,8
    Brancos 50 2,34
    Nulos 32 1,5

    Lista Votos %
    IND 1109 51,9
    PPD/PSD 946 44,27


    Câmara Municipal

    totais %
    Votantes 2136 77,17
    Abstenção 632 22,83
    Brancos 62 2,9
    Nulos 24 1,12

    Lista Votos %
    CDS-PP 194 9,08
    PND 34 1,59
    PPD/PSD 977 45,74
    PCP-PEV 90 4,21
    PS 755 35,35

    Assembleia Municipal

    totais %
    Votantes 2137 77,2
    Abstenção 631 22,8
    Brancos 73 3,42
    Nulos 24 1,12

    Lista Votos %
    CDS-PP 209 9,78
    PPD/PSD 979 45,81
    PCP-PEV 125 5,85
    PS 727 34,02

    O Classico de Fajões - 11 - Ind continuam na presidência...

    Golo Do Fajões - Resultados 5º Jornada

    Aqui ficam os resultados da segunda quarta ronda do passatempo Golo Do Fajões. Como sabem o Fajões perdeu em casa com o Águeda. Nenhum dos utilizadores acertou no resultado final, mas houveram muitos pontos em jogo e muitas mudanças na tabela classificativa.
    A chave da jornada foi a seguinte: (1 ponto pela participação + 1 pontos por ter acertado na derrota + 2 pontos pelo número de golos do Fajões + 3 pontos pelo número de golos do Águeda + 5 pontos pelo resultado final)

    O utilizador "Albino Pinho" assume a liderança da tabela, em igualdade pontual com o utilizador "Jorge"

    Tabela classificativa:

    -
    -



    G.D.F. 2 - 3 Agueda

    O Grupo Desportivo de Fajões continua numa série de maus resultados.

    Desta vez a jogar em casa, o G.D.F. até esteve a ganhar por duas bolas a uma frente ao Águeda, mas não conseguiu manter a vantagem acabando por perder por três bolas a duas.

    O resultado acabou por ser justo, pois a equipa visitante procurou sempre a vitória, enquanto o Fajões tentava defender a vantagem de um golo.
    Destaque para a pouca presença de público, dando a sensação de estarem mais adeptos do Águeda do que do Fajões.

    Podem ver algumas fotos do jogo no Foto-Report

  • Foto-Reportagem - Fajões Vs Agueda
  • sábado, outubro 08, 2005

    Amanhã cumpra o seu dever e VOTE!

    CONSTITUIÇÃO DAS MESAS

    MESA 1 - do eleitor 1 ao 1555

    Manuel Moreira dos Santos
    Lino Óscar Estrela de Pinho Teixeira
    Joana Maria da Rocha e Melo
    Bruno Soares Dias
    Maurício Pais da Silva

    MESA 2 - do eleitor 1557 ao 2879

    Manuel Bastos Gestosa
    Avelino Dias de Sousa
    Belmiro Carvalho dos Santos
    Francelina Maria Silva Almeida
    Victor Fernando Pina Tavares

    MESA 3 - do eleitor 2880 ao 3902

    Joaquim António Oliveira da Silva
    Manuel Almeida Fernandes
    Luís José Gomes da Silva
    António José de Almeida Bastos
    José Manuel Estrela de Pinho Teixeira


    O Clássico de Fajões - 10 - Os programas eleitorais








    Aqui ficam os programas eleitorais de cada partido candidato à junta de freguesia de Fajões. De referir que até ao momento ainda não tive acesso ao programa eleitoral dos Independentes por Fajões, portanto deixo aqui a lista de obras realizadas pelo executivo.

    Independentes por Fajões:

    OBRAS

    - Iniciar E pugnar pela concretização faseada das obras do projecto do Complexo Cívico de Fajões, já aprovada pela câmara municipal, e que comporta a construção da sede para as colectividades da nossa freguesia, bancada e balneários para o polidesportivo
    - Construir uma casa mortuária para repouso dos defuntos até a hora do seu funeral
    - Levar a efeito obras de segurança e alargamento da velha ponte da Torre, com grande beneficiação para a via e para o passeio de peões, conforme estruturado
    - Requalificar o curso e as margens do Rio Antuã, entre as pontes da Levandeira e da Torre, com a superior orientação da entidade competente
    - Pugnar pela pureza do meio ambiente e pela limpeza das margens e da corrente do rio Antuã
    - Construir pequenos diques ou açudes no Rio Antuã, para armazenamento de água para rega dos campos do nosso extenso e fértil vale
    - Lutar para que a câmara municipal dote a freguesia da rede de saneamento e de abastecimento de água ao domicilio, para bem da saúde pública
    - Pugnar pela concretização do projecto de ampliação do cemitério, que comporta 123 novas sepulturas e elaborar o projecto da 2ª fase, para que o campo santo possa acudir a necessidades derivadas de uma epidemia ou calamidade possível

    REDE VIÁRIA

    - Pugnar para que a via do Nordeste chegue à nossa freguesia, no mais curto espaço de tempo
    - Solicitar, com todo o empenho, que a câmara municipal realize as obras incluídas no PPI - Plano plurianual que inclui a beneficiação e alcatroamento da Rua do Pisão, Rua do Calvários, Rua de S. Mamede a Monte Calvo e o restauro dos Arcos de S. Mamede
    - Requerer à EDP para que dote as vias da rua da freguesia com rede eléctrica bastante e adequada a garantir a tranquilidade e a segurança das vidas e bens do nosso povo
    - Rasgar novos caminhos florestais
    - Alargar e alcatroar o caminho da Póvoa à Ameixieira
    - Alargar e alcatroar a Travessa Ferreira de castro até à Limparia
    - Alargar as pontes sobre o rio Antuã no lugar da Retorta e na Av. Senhora da Ribeira
    - Dotar de parque de estacionamento a área junto do G.D.F.
    - Iniciar o alargamento e alcatroamento do caminho agrícola das Lavoeiras, já aprovado pelo ministério da Agricultura
    - Dotar as ruas e estradas da freguesia de passeios para peões
    - Pugnar pelo reforço da vigilância policial nas ruas da freguesia, sobretudo de noite

    CULTURA/SAÚDE

    - Incrementar o intercâmbio cultural com o município de Lucé, com o qual Fajões se geminou
    - Atribuir e entregar atempadamente ás colectividades um subsídio anual
    - Conceder um subsídio suplementar ás colectividades que realizarem actividades e iniciativas de reconhecido valor cultural e de divulgação de património e tradição
    - Promover cursos de iniciação à informática e Internet
    - Festejar o dia da criança e do idoso, num enquadramento de convívio fraterno entre a população e com manifestações culturais apropriadas
    - Festejar o dia do emigrante, para que os emigrantes sintam a amizade e solidariedade dos seus conterrâneos e se faça justiça ao seu contributo para a valorização da nossa comunidade e para a divulgação do nome e do prestígio de Fajões
    - Em colaboração com a escola EB 2,3 de Fajões e com a associação de pais pugnar pela criação do ensino secundário, para que os estudantes possam transitar da nossa escola para as Universidades e Institutos Superiores, sem terem de frequentar aqueles cursos fora da nossa freguesia
    - Pugnar pela criação de cursos técnico-profissionais em colaboração com o conselho executivo da escola EB 2,3 de Fajões e a associação de pais e entidades educativas regionais que se considerem de maior utilidade e influência para a nossa região
    - Pressionar a câmara municipal para a concretização da cantina escolar, cujo projecto foi já aprovado, este ano, e que é de grande importância para os alunos das escolas
    - Providenciar pela criação dum posto móvel de medicamentos
    - Providenciar para que haja água potável em todos os fontenários da freguesia
    - Vigiar pela pureza das nascentes/fontes de água que abastecem a freguesia

    APOIOS/INICIATIVAS

    - Providenciar para que o PDM liberte terrenos da freguesia apropriados e necessários para a construção de habitações de que muito carece a nossa terra para lar de jovens casais e para albergar pessoas que escolham Fajões para sua residência
    - Apoiar e acompanhar a comissão fabriqueira da nossa Igreja no seu empreendimento de construção do Salão paroquial e de requalificação de área envolvente da Igreja Matriz, sempre que aquela comissão solicite a nossa participação
    - Apoiar a comissão de obras do nosso grupo desportivo
    - Dar a nossa colaboração e apoio a outras obras que a população considere de necessidade ou grande utilidade para o desenvolvimento material ou cultural
    - Promover mais e diversificada animação cultural da freguesia, aproveitando o auditório do complexo cívico e área privilegiada entre as margens do rio Antuã e a sede da junta de freguesia
    - Criar um parque infantil no complexo cívico de Fajões

    Partido Social Democrata:

    EDUCAÇÃO

    - Criar e instalar a Cantina na Pré-Primária.
    - Manter abertas e em funcionamento todas as escolas primárias da freguesia (Coto, Areal e Casalmarinho).
    - Colaborar articuladamente nas actividades culturais das escolas do 1º e 2º e 3º ciclo da freguesia.
    - Lutar pelo ensino técnico-profissional de forma a proporcionar aos nossos estudantes o ingresso no mercado de trabalho.

    SERVIÇOS SOCIAIS

    - Pugnar pela farmácia.

    VIAÇÃO RURAL

    - Lutar pela abertura da rua circundante à Escola E.B.2/3 de Fajões (projecto que existe há 4 anos na Câmara Municipal).
    - Concluir a rua da Retorta ao Pisão e sua pavimentação.
    - Construir passeios na rua César/Carregosa.
    - Pugnar pelo alargamento da ponte da Torre.
    - Altercar pelo alargamento da ponte da Retorta (Há muito prometida).
    - Pugnar pelo alargamento da ponte do rio Antuã, na Senhora da Ribeira.
    - Sinalizar a rua da Torre, já há muito aprovada.
    - Alargar a rua da Senhora da Ribeira/Moutas.
    - Alargar e pavimentar a rua do Calvário.
    - Arranjar a Calçada das Cavadas.
    - Alargar e pavimentar a rua das Matas (Zona Industrial de Fajões) até à Limparia.
    - Lutar pela 4ª fase da construção da Via do Nordeste, fazendo-a sair no local geograficamente mais correcto (Intersecção do entroncamento para S. Mamede).
    - Pavimentar a rua da Ameixieira.
    - Abertura da rua Serrazinas/Póvoa (acesso à Ameixieira) para que as crianças deste lugar tenham um acesso mais rápido na sua deslocação para a escola de Casalmarinho.
    - Pavimentar a rua da Senhora da Ribeira às Moutas.
    - Criar rotundas nos lugares da Senhora da Ribeira/ Azagães, S.Mamede e Ameixieira.
    - Alargar a rua Manuel Leite dos Santos (S.Mamede)
    - Abrir e pavimentar a rua de Gagim à estrada de S.Mamede/S.Marcos.
    - Pavimentar o troço de rua em S.Mamede.
    - Pavimentar o troço de rua na urbanização de S.Marcos.

    SANEAMENTO E ABASTECIMENTO DE ÁGUA

    - Pressionar a Câmara Municipal para que inicie a construção do saneamento básico para a restante freguesia.
    - Pressionar a Câmara Municipal para que se inicie o abastecimento de água para a freguesia.
    - Manter a freguesia limpa (pelo menos uma vez por ano).

    INDÚSTRIA

    - Premer a Câmara Municipal para que o plano de pormenor da zona industrial seja implantado urgentemente.

    COLECTIVIDADES E ASSOCIATIVISMO

    - Apoiar e incentivar todas as colectividades e associações da freguesia sem excepção.
    - Criar o dia do associativismo em Fajões.
    - Apoiar a construção do salão paroquial.

    PATRIMÓNIO

    - Recuperar os Arcos existentes em S. Mamede.
    - Recuperar e conservar os moinhos em parceria com os particulares.
    - Valorizar as tradições e rituais culturais da nossa terra.
    - Reactivar a requalificação e conservação do "Dólmen" da Mourisca.
    - Criar roteiros sobre o património da freguesia fomentando e desenvolvendo o turismo.

    CULTURA E LAZER

    - Apoiar o desenvolvimento do monte de S. Marcos.
    - Requalificar as margens do rio Antuã junto ao Centro Cívico.
    - Organizar eventos culturais no Centro Cívico.
    - Comemorar anualmente o dia de elevação a vila.

    AMBIENTE E QUALIDADE DE VIDA

    - Exigir um controlo ambiental periódico no central betuminoso do Pisão a fim de se salvaguardar a saúde dos habitantes de Fajões.
    - Construir caminhos florestais.
    - Criar pontos de água para apoio à Protecção Civil.
    -
    Reactivar o abastecimento de água potável em todos os fontanários da freguesia. Solicitar a electrificação da rua Campo de Futebol/ Nabais e do caminho agrícola Torre/Sra. Da Ribeira, Gagim/Cabo da Aldeia.

    Artigo de opinião - De mal a pior...

    O verão acabou e Portugal ficou mais pobre. Uma boa parte da nossa linda floresta ficou com um aspecto parecido com Hiroshima e Nakazaki depois da queda da bomba atómica. O cenário é desolador. Mais alguns anos como este (que o diabo seja surdo e mudo) e não haverá mais nada para arder. Vamos de mal a pior, mesmo com tanta legislação na matéria, a floresta portuguesa de ano para ano desaparece em fumo. Como está provado que a maioria são fogos postos, ninguém entende como é que as prisões continuam quase vazias desses incendiários criminosos, e pirómanos.
    Temos demasiados teóricos a falar do flagelo dos incêndios, mas, infelizmente, quase só os "pobres" bombeiros é que dão o corpo ao manifesto, pagando alguns com a própria vida, a sua coragem e determinação.
    As chefias dos bombeiros estão mais preocupadas em aparecer nos telejornais, em horários nobres. Aproveitam o momento para se autopromoverem falando do "teatro das operações" como se de um espectáculo se tratasse, e outros termos que me fazem rir, só para se mostrarem importantes, das dívidas do Estado às corporações e ainda de estatísticas, sempre as estafadas estatísticas. E portanto depois de alguns decénios a cena repete-se cada ano
    As estatísticas também são para o Governo ponto de honra a defender; é importante dizer aos Portugueses que se arderam mais hectares do que no precedente é porque houve menos humidade. Só por isso !
    Vamos esperar para ver se as medidas tomadas recentemente por este Governo sobre o combate aos incêndios vão surtir algum efeito já no próximo ano, ou se serão mais umas a juntar a tantas outras já existentes.
    Os incêndios em Portugal no Verão passado foram manchete de jornais por essa Europa fora e mesmo no telejornais das grandes estações televisivas. Até os nuestros hermanos através do seu mais conceituado diário, El País, se permitiram dar-nos conselhos, dizendo duas das coisas que todos sabem mas ninguém consegue pôr em prática, o ordenamento da nossa floresta, e a sua limpeza e manutenção.
    Gastou-se tanto dinheiro em coisas supérfluas, para mostrar ao mundo que somos um país moderno e rico. Porém, nem sequer temos meios aéreos suficientes para apagar os nosso próprios incêndios, temos de estender a mão à ajuda internacional.
    O António Vitorino disse que ia propor à UE a compra de aviões para apagar fogos florestais dentro do seu espaço. Assim, teríamos os países ricos do norte da Europa, onde não há fogos florestais, a pagar os aviões para apagar os fogos dos países do Sul. Eles fornecem os aviões, nós fornecemos os fogos. Bem pensado!
    A juntar a todo este rosário de "miséria" já vai bem avançada a campanha eleitoral das autárquicas, com lindos cartazes colocados em pontos estratégicos, com as fotos dos candidatos vestidos a preceito com aquele ar convencido, mais uma frase repetida por debaixo, para apanhar o voto ao Zé. Nos comícios e entrevistas as "bocas" do costume dos candidatos. Quem se recandidatura, tenta inflacionar a obra que fez, prometendo ainda mais no próximo mandato, e quem quer apanhar o lugar promete simplesmente o "paraíso". Não faltam os já habituais ataques pessoais e a baixa política que em nada dignificam o acto.
    A nível camarário cheira-me a status quo, não por mérito próprio, mas porque a oposição me parece dividida e fraquinha, sobretudo o PS, que podia, e devia fazer melhor. Que pena !
    Em Fajões, para onde se devem concentrar as maiores atenções concelhias, por motivos óbvios, o cenário também se deve manter, e talvez se reforce, se a oposição já poucas hipóteses tinha de recuperar a cadeira que já foi sua durante 16 longos anos, com os reforços que foi buscar deve-se ter afundado irremediavelmente. Só espero que a campanha eleitoral não vire a cenas de far west. Pois, ao ver algumas figuras já nada me admiraria.
    Que bom teria sido juntar os homens bons de Fajões, que os há ainda, onde a única ideologia, e palavra de ordem, fosse o progresso de Fajões, e numa nova lista partir para um projecto de unidade de todos os fajoenses, que alguém dividiu há tantos anos. E com projectos sérios e sustentados, a médio prazo, melhorasse a nossa qualidade de vida para patamares mais consentâneos com os nossos pergaminhos, sendo os mais prementes o saneamento básico, e a água ao domicilio, pois a maioria continua a consumir água inquinada devido sobretudo à falta de saneamento, com os problemas que daí advém para a saúde a médio.
    Já nos basta a fábrica de alcatrão que um iluminado teve a ideia de implantar na nossa linda terra, com a benção do presidente da Câmara e o silêncio da nossa Junta. Por falar em alcatrão, suponho que a época em que uma empresa do ramo vende mais deve ser a que antecede as eleições autárquicas, por razões óbvias. Como disse uma vez, há muito "cego" por aí!
    A nível concelhio, os semáforos no cruzamento de Nogueira do Cravo continuam a ser uma aberração, complicando uma coisa de fácil resolução. Com uma rotunda adequada ao local toda a gente lucrava, sobretudo em tempo e segurança.
    Na sede do concelho continuam os labirintos, de ruas, ruinhas e ruelas. Até entrar na variante, é um quebra-cabeças para quem vem do Norte da cidade e tenta entrar na variante. Será que não há dinheiro para mais umas placas que indiquem o trajecto até á variante? É que nem todos os automobilistas são da zona para conhecer o puzzle.
    Tive o cuidado de, em Agosto, comparar as obras, sobretudo públicas, feitas em S. João da Madeira, e mais ainda em Vale de Cambra, e fiquei com a sensação que Oliveira de Azeméis, salvo raras excepções, parou no tempo. Quem duvidar que vá a estas duas cidades vizinhas e veja, quase tudo é feito a pensar no futuro, e com bastante qualidade. Nesse aspecto acho que Oliveira de Azeméis é arquitectonicamente uma cidade desordenada, cresce mas sem sentido. A prova mais flagrante disso foi a reconstrução do mercado municipal. Falta de visão, muito remendos, muita confusão, poucas obras de raiz com qualidade. Esperemos para ver se o Largo do Gemini vai salvar a honra do convento. Já não era sem tempo !
    Nem obras de qualidade, nem dinheiro para pagar a alguns fornecedores, e a algumas associações do concelho. Portanto, dívidas parece que há com fartura. Eles nem têm culpa, a oposição é que tarda a aparecer.
    Valha-nos a Via do Nordeste, considerada pelo presidente da Câmara como a maior obra por esta realizada desde sempre. Acrescento que graças fundamentalmente aos fundos da FEDER, dos Fundos de Desenvolvimento Regional, e Programa Operacional do Norte respectivamente, no valor total de 5 milhões 191 mil e, vão pagar 3 milhões 680 mil e .
    Como já foi dito repetidas vezes é uma obra muito importante para todo o Nordeste do concelho, que atingirá a sua plenitude quando estiver ligada à via estruturante Arouca - Feira, ainda em construção, e ao IC2. Numa obra desta grandeza há sempre pequenos erros, que poderiam ter sido melhorados em certos locais. Pessoalmente, acho que a descida do Mergulhão até à entrada da Vila de Fajões, ficou muito bonita e funcional.
    Como já disse em anteriores artigos, espero que a quarta fase da Ameixieira até ao seu terminus (bombeiros) tenha a mesma dignidade que tem na descida do Mergulhão, não deve haver filhos e enteados; há pano para mangas e se por acaso houver algum impedimento momentâneo, será melhor esperar mais uns meses e fazer as coisas como devem ser. De toda a forma a quarta fase nunca será concluída até ao fim do ano como prometeu o presidente da Câmara.
    Relembro que o orçamento da Câmara para a quarta fase Cesar - Fajões é de 97 mil e, (aproximadamente 19.500 contos) verba muito modesta para uma obra desta envergadura.
    Teoricamente, se fosse para quatro vias com separador, essa verba poderia duplicar. Suponhamos 200 mil e, mesmo assim ainda continuaria a ser a verba mais baixa de todas as quatro fases da Via do Nordeste. Acho que vale a pena meditar nisto e não andar a fazer as coisas precipitadamente.

    Artigo retirado de:

  • Correio de Azeméis
  • sexta-feira, outubro 07, 2005

    Memórias da nossa terra - 4 - Novo diaporama... agora mais recente!

    Aqui fica mais um grande trabalho do Sr. Albino Pinho. Trata-se de um diaporama sobre vários aspectos da nossa vila.

    Depois de uma montagem relativa a gentes passadas, esta debruça-se sobre o presente.

    Vale a pena ver...

    Podem fazer o download aqui:

  • Diaporama sobre a vila de Fajões
  • Nota: para fazerem o download, depois de abria a página clicar em "free". Irá-se abrir uma nova página, esperar alguns segundos e depois é só clicar onde diz: "Download: Faj_esanossaterrablog.ppt"

    Desfolhada à moda antiga

    No próximo sábado o grupo de folclore "as Ceifeiras" levarão a cabo mais uma iniciativa. Desta vez é a já habitual desfolhada à moda antiga.

    Trata-se de uma desfolhada em que fica retratado os costumes de uma época passada, em que nada falta: desde os serandeiros, passando pelos cantares ao luar, pelos luz dos lampiões e claro está pelos petiscos e pelo baile, pode-se encontrar de tudo.
    A desfolhada tem inicio ás 21 horas. Caso o tempo esteja seco, a desfolhada decorrerá junto ao complexo cívico, caso se encontre a chover, a mesma decorrerá no salão de banquetes do café cruzeiro.

    Será dada total cobertura dos acontecimentos por parte do blog.