Toda a informação relacionada com a freguesia de Fajões; AGENDA: 29/01 - S. Roque - Fajões (15.00 horas)// TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO DE TOTAL RESPONSABILIDADE DOS SEUS AUTORES

terça-feira, novembro 08, 2005

FAJÕES com sinal +

No passado sábado, ocorreram dois acontecimentos que dignificaram, em muito, a nossa terra. Acontecimentos de âmbitos e dimensões diferentes, dos quais tive a oportunidade e a sorte de ser espectador, que procurei ser atento. Penso que qualquer Fajoense sentiria orgulhoso e que, se conseguisse colocar de lado mesquinhices e interesses pessoais, tomaria consciência que o caminho é a colaboração entre aqueles que aqui habitam para dar um apoio às instituições e que tudo isso se possa repetir muitas vezes.

1 - No Auditório do quartel da Assoc. Humanitária dos Bombeiros de Fajões, tal como estava previsto, decorreu a Assembleia Geral da ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS OPERACIONAIS E DIRIGENTES DOS BOMBEIROS, com pessoas vindas de todo o país. A reunião incorporou cerca de 200 pessoas, entre participantes e acompanhantes, sendo muitas delas individualidades que a nível nacional, regional e concelhio, assumiram ou assumem papel de relevo em instituições ligadas aos Bombeiros Nacionais.

Entre outros, estiveram neste quartel as pessoas de deliberaram e assinaram a controversa (na época) criação dos Bombeiros em Fajões, alguns deles pela primeira vez. Foi bom poder mostrar-lhes a obra feita e ouvir as suas palavras de felicitações.

Antes do início da sessão de abertura, foi facultado aos presentes uma animação cultural pelo nosso Grupo de Dança Luso-Galaico "Os Juntos", que mereceram o agrado da assistência e o louvor empolgado de um distinto Beirão. Durante a mesma, alguns dos componentes da mesa usaram da palavra e procedeu-se à troca de prendas.

Com o início dos trabalhos, os acompanhantes dos participantes foram convidados a efectuar um passeio pelo concelho, num autocarro gentilmente fornecido pela Câmara Municipal.

Depois de concluídos os trabalhos, foi servido a todos os presentes, um almoço no quartel, com muita dignidade e alguma galhardia. A refeição foi acompanhada pela música de um quinteto de metais, "Os Calysse Brass".

Foi a segunda vez que esta Associação escolheu o distrito de Aveiro para a realização dos seus trabalhos e no final, foi com satisfação e algum orgulho, que se ouviu e sentiu o reconhecimento daqueles que nos visitaram, pela forma como foram recebidos.

2 - À noite, 22 horas, no Auditório da Junta de Freguesia de Loureiro e na cerimónia de encerramento do Festival de Teatro Amador, promovido por uma associação local, actuou a Orquestra Juvenil da Banda Musical de Fajões.

O início e o final do concerto foram muito bem conseguidos, com recurso a efeitos de luz e à entrada e saída de um músico pelo meio da plateia. Tratou-se de um concerto multimédia, ou seja, à medida que a Orquestra ia apresentando o seu reportório, bandas sonoras dos mais recentes êxitos da sétima arte, eram projectadas cenas dos filmes a que reportava a música.

Soberbo, é o adjectivo que encontro para a qualidade da execução e para o espectáculo no seu todo. Opinião da qual comungaram, mesmo pessoas mais conservadoras, ligadas à nossa Banda há muitos anos.

Só foi pena o número reduzido de espectadores.


Autor: Manuel Rui Pinho


0 Comentários:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home