Toda a informação relacionada com a freguesia de Fajões; AGENDA: 29/01 - S. Roque - Fajões (15.00 horas)// TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO DE TOTAL RESPONSABILIDADE DOS SEUS AUTORES

quinta-feira, novembro 03, 2005

Senhora de Fátima "deixou" Fajões

"Vou muito feliz e muito contente. A imagem vai, mas a mensagem de Nossa Senhora fica". A afirmação foi feita pelo padre Morgado, do Movimento da Mensagem de Fátima, que acompanhou durante uma semana a imagem da Virgem pelas ruas e templos de Fajões. Aquele sacerdote falava no final da eucaristia, celebrada na tarde do último domingo, com que encerrou a Semana Mariana, perante umas largas centenas de pessoas que enchiam literalmente a igreja matriz, sacristias e o exterior do templo.

Crianças e doentes deixam marcas
Numa espécie de balanço, o padre Morgado salientou que ia impressionado com "a presença das crianças, de quem fico com uma imagem viva e levo comigo". Aquele sacerdote, que concelebrou com os padres Telmo Magalhães, Albino Fernandes e Joaquim Cavadas, relevou ainda a visita aos doentes. "A visita aos doentes, o encontro com os que sofrem, com quem conversei, foi o momento mais lindo, sensibilizou-me. São transmissores de uma fé muito viva, por isso sede dignos deles", pediu aquele sacerdote.
Durante a homilia, o padre Morgado procurou explicar os diversos momentos da mensagem de Fátima, trazida em 1917, a três crianças rudes, de um lugar ermo. "Nossa Senhora apareceu a três crianças porque não queria que a sua mensagem fosse deturpada", referiu o sacerdote. Paulatinamente fez notar que a mensagem não terminou com a última aparição, em Outubro. "Aos 18 anos, Nossa Senhora revelou a Lúcia o que queria dela, que dissesse ao mundo que quem fizesse uma caminhada de conversão por cinco meios, prometia que os ajudaria na peregrinação até Deus e estaria com eles nos seus últimos momentos".

Amor à Eucaristia
Dentre esses cinco meios, o padre Morgado destacou a necessidade de termos um coração limpo, através do sacramento da Reconciliação. "Vi com alegria que a maior parte de vós procurou o sacramento da Reconciliação, o encontro com Deus. Foi o que de mais belo que se passou, porque Deus não quer que andemos sujos por dentro". A participação na Eucaristia e a comunhão foram pedidos deixados pelo sacerdote. "Nossa Senhora aponta a Eucaristia como o meio para chegarmos à felicidade já na terra. Este deve ser o nosso propósito, o amor à Eucaristia, que deve ficar bem firme no final desta visita, porque, se Deus nos dá sete dias e nós não temos sequer uma hora para irmos à Eucaristia dominical, somos uns ingratos".
Na celebração, animada pelo grupo coral da paróquia e por elementos da Banda Musical, participaram colectividades da freguesia e os Bombeiros, que transportaram para fora da igreja matriz o andor de Nossa Senhora, com muitos paroquianos, de lenço branco na mão e com as lágrimas nos olhos, a despedirem-se da imagem peregrina. Antes, os quatro sacerdotes foram presenteados, pelo Movimento da Mensagem de Fátima de Fajões, com ramos de flores, o Grupo Folclórico, entoou um cântico a Nossa Senhora e entregou um CD e um prato em porcelana ao padre Morgado.

Povo em peregrinação
Como responsável pela paróquia, o padre Telmo Magalhães manifestou a felicidade da sua comunidade pela presença da imagem peregrina, "que vai estar sempre connosco, para nos fortalecer na fé e na comunhão", enquanto o padre Morgado agradeceu a hospitalidade que encontrou em Fajões.
Vinda directamente de Fátima, a imagem peregrina, que durante esta semana seguirá para Espanha, percorreu as mais diversas ruas da freguesia e capelas, nomeadamente as de Nossa Senhora da Ribeira, Nossa Senhora das Dores, Nossa Senhora da Saúde e de S. Marcos, sempre acompanhada por enorme multidão em prece, que não quis perder a oportunidade de fazer a aproximação à mensagem de Fátima, enquanto caminho para Deus.

--------------------------------------------------

Uma festa que vai continuar
"Estamos em festa, temos a Mãe peregrina entre nós há uma semana, um dom de Deus", salientou Afonso Moreira, presidente do Movimento Mensagem de Fátima de Fajões. Este responsável do movimento, que conta na freguesia com cerca de duas dezenas de associados, afiançou que "por obras, queremos pôr em prática a mensagem de Fátima no dia-a-dia: O Movimento continua a responsabilizar-se pela adoração ao Santíssimo Sacramento nas primeiras sextas-feiras e sábados". Depois de salientar que o Movimento actua nos campos da oração, dos doentes e da peregrinação, Afonso Moreira agradeceu a quantos ao longo da Semana Mariana colaboraram. Também Adelaide Silva informou que da verba angariada para adquirir uma flor para Nossa Senhora, sobraram 350 euros, encaminhados para os doentes da paróquia.

Fonte:
  • Correio de Azeméis

  • 0 Comentários:

    Enviar um comentário

    Links to this post:

    Criar uma hiperligação

    << Home