Toda a informação relacionada com a freguesia de Fajões; AGENDA: 29/01 - S. Roque - Fajões (15.00 horas)// TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO DE TOTAL RESPONSABILIDADE DOS SEUS AUTORES

sexta-feira, fevereiro 10, 2006

IND em reflexão e solidariedade

Ao falar aos presentes, o Dr. Luís Filipe Oliveira considerou que a IND "é um movimento cívico que congrega todas as forças de boa vontade e de intenção recta na mobilização da freguesia de Fajões, pela união de todos os cidadãos na luta comum de valorização e engrandecimento da nossa vila".

Progresso e bem-estar
O autarca reconheceu que "na onda de solidariedade e de cidadania", os habitantes de Fajões têm dado ao concelho "uma lição de bairrismo e de cooperação com a autarquia, participando nas obras levadas a efeito pela Junta de Freguesia". Por isso expressou a gratidão e aplauso "a esses trabalhadores voluntários e generosos que estiveram sempre connosco na abertura de estradas e outros melhoramentos".
Para além do progresso material, Luís Filipe Oliveira ressalvou "o especial cuidado dado à educação e ao desenvolvimento cultural, sem o qual não há verdadeiro e completo progresso e bem-estar". Entre as obras levadas a cabo pela Junta de Freguesia saída da IND, a requalificação e urbanização do jardim público do Cruzeiro, a construção do auditório ao ar livre no complexo cívico e a requalificação de todo o espaço envolvente, a ampliação, empedramento e arborização do arraial de S. Marcos, em colaboração com a Comissão de Melhoramentos, criação dum espaço autónomo e digno para os Correios, ampliação e requalificação do salão nobre da autarquia, que passou a designar-se Artur José de Pinho, embelezamento e pavimentação do espaço junto à igreja paroquial".

"Um mandato de ouro"
Face às obras realizadas e à sua qualidade, o presidente da Junta acrescentou que "muitos consideraram o mandato desta Junta de ouro". Àquelas obras, o autarca acrescentou ainda a criação do site de Fajões, do espaço Internet, a geminação com a cidade francesa de Lucé, a promoção de um curso de iniciação às técnicas de informática, frequentado por mais de três dezenas de pessoas de todas as idades e com excelente aproveitamento, anunciando para breve o arranque de um novo".
Contudo, o presidente da Junta reafirmou a vontade de servir a freguesia, pois "muito mais queremos fazer por este maravilhoso povo de Fajões, que merece ainda muito mais". Luís Filipe Oliveira, num apelo à Câmara, afirmou que a Junta precisa que "o corte de 42% nos duodécimos, que aquela fez a todas as juntas do concelho, em Fajões seja compensado com a colaboração do município, comparticipando em obras e de outras formas".
A terminar, depois de fazer um apelo à generosidade e ao bairrismo dos fajoenses, "necessário para vencer certas dificuldades que teremos de enfrentar e como a grande força para encararmos com esperança o futuro da nossa freguesia", Luís Filipe Oliveira manifestou-se convicto de que "todos estão connosco na conquista e maior progresso e bem-estar para Fajões".

"Vale a pena trabalhar"
Em breves palavras, o secretário da Assembleia de Freguesia, Óscar Teixeira, realçou, face ao número de presenças no convívio, a satisfação por ver que "a Junta tem muitos amigos. Gostamos de vê-los connosco, não só a trabalhar, mas também nestes convívios".
Por seu turno, Artur José de Pinho, benemérito das colectividades e da Junta de Fajões, agradeceu a presença de todos. "Vale a pena trabalhar pelo progresso da nossa terra", salientou, acrescentando que "temos uma equipa que trabalha e que está de braços abertos para todos. Temos de dar as mãos para o progresso da nossa terra", apelou Artur Pinho.
Face ao rente acto eleitoral, Manuel Teixeira opinou que "foi apartado o trigo do joio, mas não como queríamos. Nem todos aderiram à nossa mensagem, mas a maioria esteve connosco e isso era o que queríamos.
No final, os participantes no convívio da IND ? Independentes por Fajões, ao som da música, tiveram direito a dar ao pé. A noite estava fria, mas lá dentro o ambiente convidava.

Ligações e créditos:

  • Correio de Azeméis

  • 1 Comentários:

    At 10/2/06 6:43 da tarde, Anonymous albino pinho said...

    Já ouvi este discursos não sei quantas vezes, enfim exageros.
    Mas como não apareceu melhor por momento está bem assim.

     

    Enviar um comentário

    Links to this post:

    Criar uma hiperligação

    << Home